sexta-feira, 5 de junho de 2009

Dia-a-dia.

- Oi, tudo bem, eu tenho um cartão de vocês nº tals e acontece que não recebi a fatura, preciso que vocês providenciem para que eu pague.
- Ok, senhora, vou fornecer um código de barras e a senhora paga no banco.
- Em qualquer banco?
- Não, senhora, infelizmente a fatura venceu ontem, só no credenciado.

Milhões de argumentos depois, cancelo o cartão e já estou atrasada para o trabalho. Sem almoçar, embrulho qualquer coisa e corro.

O trânsito infernal da volta do trabalho me faz chegar atrasada à academia. Tempos depois estou em casa, morta, louca pra tomar um banho, comer quase nada e ir dormir.

Pensar que passei o dia inteirinho sem estudar uma linha sequer, me faz planejar o dia seguinte. Dia em que terei que pegar um exame no laboratório, levar o cão no veterinário, trabalhar e encontrar as meninas (será que esse é o programa dispensável?).

De qualquer forma as meninas são a minha terapia. Eu preciso ter algo que não faça por obrigação, simplesmente queira fazer, e elas são o primeiro passo para isso. Um turno curto em que eu simplesmente queira fazer algo que não preciso, ou preciso, depende do ponto de vista.

Mas a síntese é: eu não estou estudando. Não estou.

4 Comments:

Blogger b arrais said...

"encontrar as meninas (será que esse é o programa dispensável?)"... "De qualquer forma as meninas são a minha terapia. Eu preciso ter algo que não faça por obrigação"...

Ei! "levar o cão no veterinário" não deve ser por obrigação, deve ser por Amor! ;^)

6/05/2009 12:28 AM  
Blogger GK. said...

Obrigação por amor. Também pode.

:)

6/05/2009 12:38 AM  
Blogger d meira said...

:D faltei no guaia essa semana, mas meu programa MESC foi ótimo. amanhã tem alegria de monte!

beijos, d.

6/05/2009 9:39 AM  
Blogger GK. said...

Bom, Dida, faz uma falta danada, mas quam vai concorrer com Fifs, não é mesmo?

6/06/2009 11:42 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home