segunda-feira, 15 de junho de 2009

O cara de pau.

- Sim, eu entendi, mas não posso resolver para o senhor, infelizmente.

- Ah, então essa é a prova de que a senhora não entendeu.

- Ok, então explique denovo.

- Não precisa. Na verdade eu acho até que a senhora nem quer resolver, porque se quisesse...

- Se quisesse...?

- A senhora resolveria.

- O senhor é mesmo muito insistente. Mas eu estou dizendo: não há presteza que me faça resolver isso para o senhor nesse momento. Realmente não tem como.

- Hum...Então me dá o seu telefone?

- O senhor tem. Mantenha contato.

- Não, eu me refiro ao pessoal. Aquele que não serve para eu resolver o meu problema.

- O senhor está brincando, né?

- Você vai me dar?

- NÃO!!!

- Então eu estava brincando. Voltemos ao meu problema, aquele que a senhora pode mas não quer resolver...

:/

Cara de pau mandou lembrança.

1 Comments:

Blogger b arrais said...

esse cara é bom!

6/19/2009 1:53 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home