sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Ele, novamente. O amor.

Quando duas pessoas estão prontas para o amor, o tempo perde o significado.

O amor surge devastando as convenções, driblando a razão e traindo sentidos.

Não existe pensar em conhecer mais, viver mais tempo juntos e fazer testes.

Só se quer estar o mais perto possível.

O amor deprime e enlouquece de felicidade em questão de segundos.

Leva ao céu e ao inferno.

Amar é engordar e emagrecer de prazer ou de desgosto.

É uma alegria desconfortável.

Uma agonia vital.

2 Comments:

Anonymous Anônimo said...

lindo!

11/12/2009 12:04 AM  
Anonymous thaisa said...

lindooo!

11/12/2009 12:04 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home